O Design Emocional nas decorações
Design Emocional é um conceito que estuda como a estética de um objeto ajuda a determinar a atratividade ou a repulsa que ele causa. No aspecto comercial, diz respeito ao sentimento que um produto provoca no público.

 

O termo foi originalmente proposto por Donald A. Norman, professor de Ciência Cognitiva na Universidade da Califórnia, em seu livro Emotional Design, publicado em 2003.

 

Trata-se, portanto, de um conceito relativamente novo, o que justifica a oportunidade que se abre a negócios que souberem explorá-lo para qualificar seus resultados. A proposta do design emocional não é justificar uma compra apenas pelo apelo que a sua aparência provoca. Não significa que um produto seja inferior a outro nas funcionalidades, mas sim que ele conquista o público por envolvê-lo em uma experiência positiva.

 

E isso se dá com todo o tipo de produto, inclusive objetos de decoração! Além de ser funcional, uma casa tem que ter a sua cara! Os ornamentos decorativos são muito importantes nesse momento, pois um lar não deve apenas ser útil: ele precisa fazer com que seus moradores se sintam felizes e acolhidos, além de transmitir a personalidade de quem o habita. Fazer uso dos ornamentos também é uma das principais formas de colocar mais astral no ambiente e de diferenciar o seu lar de outros. A escolha desses itens para a casa, no entanto, não é uma exclusividade de decoradores.

 

Luminárias


    Além de olaborar com a iluminação da decoração, esse item enfeita o ambiente por si só. Se o cômodo possui mais espaço, você pode colocar uma luminária de pé ao lado de algum móvel. Já os abajures e as luminárias de mesa vão bem em cima da superfície dos móveis. No jardim, os itens podem complementar o paisagismo e destacar as plantas. Alguns modelos são muito sofisticados e criativos, assemelhando-se a esculturas. Temos um exemplo incrível para te apresentar, nossa Luminária LED 3D - Lua Cheia! Clique no nome para vê-la!

       

      Quadros e Porta-Retratos

        Para quem não tem familiaridade com decoração, esse é um caminho interessante para começar. Escolha conteúdos que reflitam a sua personalidade e a da sua família. Que tal pinturas ou fotografias? Evite sair da monotonia criando um mix com as peças. Molduras diversas podem ser dispostas juntas em paredes ou apoiadas em aparadores, formando uma composição bonita. Na dúvida sobre como arrumar? Basta seguir desenhos pré definidos ou forme uma linha ou um quadrado com as peças. Os porta-retratos são capazes de preencher a superfície de móveis como cômodas, aparadores ou racks. Além disso, esses itens também ajudam a completar estantes ou dar um toque especial em criados-mudos.

           

          Imagens e Santos

            Os santos são muito mais que ornamentos, eles representam a fé dos moradores da casa e trazem proteção. Escolha um local bem especial e coloque as imagens de sua preferência. Se forem muitas, é possível montar um altar ou um oratório junto com vasos de flores e velas. Esculturas e estátuas Essa opção deixa a casa com bastante personalidade. Seja uma obra de arte ou uma estátua produzida em grande escala, esses objetos podem decorar qualquer espaço da casa, trazendo mais sofisticação. Basta escolher um modelo que represente o seu gosto e o material que mais combina com a sua casa: madeira, metal, argila, mármore, e etc. Você pode colocar uma peça única ou um conjunto de duas ou três. É só harmonizá-las. Sabia que algumas estátuas trazem prosperidade? Veja nosso Deus da Riqueza clicando no nome.

               

              Vasos

                Os vasos, aliás, são muito versáteis. Os modelos delicados de vidro, porcelana e os solitários abrigam flores naturais ou artificiais dentro de casa. Os de cerâmica, cimento ou plástico podem ser usados para cultivar plantas e encher a casa, e o jardim de vida. No entanto, engana-se quem pensa que a decoração fica apenas por conta das plantas. Os vasos também enfeitam por si só. Escolha modelos bonitos e sofisticados para sua casa e complemente a ornamentação.

                   

                  Para áreas externas

                    Alguns dos itens já mencionados neste texto também podem enfeitar varandas, quintais e jardins, afinal, esses locais também merecem uma decoração cuidadosa. É possível alegrá-los com luminárias, vasos, estátuas, caixas ou cestos. A diferença aqui é que o material precisa ser escolhido com cuidado. Os objetos da área externa vão ficar mais expostos ao sol e à chuva, então, precisam ser resistentes. Opte por madeira, pedras ou metais que tenham sido submetidos a um tratamento contra umidade ou ferrugem. Temos um Apanhador de Luz Multifunções incrível que não é prejudicado pelo sol ou chuva, dê uma olhada clicando no nome.

                       

                      Como harmonizar os objetos

                      Para muitas pessoas, a dificuldade está em combinar os ornamentos decorativos entre si e com os móveis e outros elementos da casa. Vale deixar a criatividade e a intuição fluírem. Mas, para não errar no resultado, vamos dar algumas dicas práticas:

                       

                      • Cuidado para que o ambiente não fique carregado. Evite uma quantidade enorme de objetos, principalmente se eles forem grandes. Equilíbrio é a palavra-chave. Se você escolheu uma peça muito volumosa, deixe que ela brilhe sozinha. O mesmo serve para cores muito fortes; misturar as cores é melhor do que seguir apenas uma. Um ambiente que combina demais fica monótono. Harmonize cores contrastantes ou complementares. Se o receio de errar for grande, aposte em um tom básico com outro mais alegre;

                       

                      • Os conjuntos de peças devem ter tamanhos diferentes. Se você optou por um trio de estátuas ou de caixas, por exemplo, prefira escolher itens de volumes diversos para criar uma composição mais interessante. No caso dos livros e das caixas, você pode empilhar colocando o maior embaixo e os menores em cima.

                       

                      Viu como não é tão difícil? Aposte nestas dicas para ter uma casa do seu jeitinho e não tenha medo de ser levado pelo Emotion Design, pois ele pode muitas vezes te fazer apaixonar pelas peças que sua casa mais precisa!
                      22 outubro, 2020 — Santo Stilo

                      Comentários

                      Adalberto de JESUS

                      Adalberto de JESUS disse:

                      Posteriormen gostaria de escolher melhor e ver a possibilidade de fazer a escolha de alguma Ped. Da.blz.

                      Deixar um Comentário

                      Atenção: Todos os comentários tem que ser aprovados pela moderação antes de serem publicados.